Tema Colado com Cuspe? Talvez a culpa não seja do jogo

0
61

Quantas vezes você já não ouviu ou leu o termo pejorativo “Colado com cuspe” em grupos, mesas e até no site Ludopedia quando se trata de jogos euros?

Estou escrevendo esse texto apenas  para defender que qualquer euro pode se tornar bem temático a partir do momento que o jogador se esforça para abraçar o lúdico.

Por exemplo ontem conheci o jogo Gùgōng, e nem estava a fim de saber detalhes do porque da existência do palácio celestial, da cidade proibida, da importância da muralha, o porque da troca de presentes, etc.

Na mesa geralmente estamos focados no funcionamento da salada de mecânicas que o designer juntou, e tentamos descobrir qual a melhor maneira de fazer mais pontos e tentar vencer.

https://i1.wp.com/storage.googleapis.com/ludopedia-posts/b3e4f_3dzini.png?w=696&ssl=1
Mas e quando falam que o jogo teve o tema colado com cuspe? Já vi essa cena acontecer dezenas de vezes:

– Bem senhores antes de partir para as regras vou contar um pouco da história do…  (alguém interrompe)
– Pula essa parte, explica logo as regras! Tem mais 5 jogos pra ir a mesa!

Termina a partida,  o coitado do boardgame ainda cheirando a novo, com as cartas recém sleevadas vai para a  estante, e nem sabe se vai voltar para a mesa algum dia, porque nos próximos dias o seu dono vai decidir se ele continua ou não na coleção, porque alguém disse:

– Legalzinho o jogo só não gostei do tema, meio colado com cuspe.

Com peso na consciência fui  pesquisar um pouco sobre a  história retratada no jogo Gùgōng.

E percebi que abaixo da camada das mecânicas existe uma aula sobre um dos períodos econômicos mais importantes da China, cada área no tabuleiro tem um embasamento histórico, aliado a cada mecânica e as ações de seus emissários.

Tudo tem uma lógica.  Como não quis perceber?

https://i0.wp.com/storage.googleapis.com/ludopedia-posts/ac336_3dzini.png?w=696&ssl=1

E a graça de jogar euros com temas históricos é isso, estudar um pouco a historia por trás das cartas, personagens e áreas no tabuleiro. Então é meio  errado falar que o jogo tem um tema colado com cuspe? Depende de você.

Isso deve partir do quanto você se esforça e a mesa também para que o tema sinta-se presente. Eu quero sim abraçar esse lado lúdico e tornar a experiência nos jogos em algo especial.

Aproveitar melhor as 2 horas que estarei  ali jogando, e não apenas montar a melhor máquina de pontos.

Ao comprar o jogo Gùgōng, porque não ler um livro ou ver um filme da época da dinastia Ming para se aprofundar no assunto? Porque não dar uma aula de história na hora de explicar as regras e fazer todos entrarem no clima, com uma música temática de fundo?

Pensou comemorar a façanha de ser o primeiro emissário no jogo a conseguir ter uma audiência com o Imperador? Uma idéia: quem conseguir terá a honra de beber uma dose do seu vinho chinês feito de arroz que está ali guardado na adega apenas para o Gùgōng.

Sei que é difícil em se tratando de jogos euros, mas vamos abraçar um pouco nosso lado lúdico e dar valor a essas grandes histórias que existem nos jogos de tabuleiro.

Sempre comece pela história antes de entrar em algum regra. Quando éramos crianças não gostávamos de ouvir histórias?

Termino esse texto (que escrevi sem querer em uma noite sem sono), alertando sobre a superficialidade que tratamos as coisas na nossa vida. Tudo parece urgente, sentimos que o  tempo está tão curto, que não damos valor as pequenas coisas.

Isso se reflete até na hora de jogarmos um boardgame. Até perdemos a paciência com um outro jogador que demora um pouco mais pra fazer sua jogada. Desliga o celular, converse com as outras pessoas na mesa, relaxe.

Tente extrair ao máximo tudo que aquele jogo de tabuleiro pode lhe proporcionar antes de vendê-lo ou comprar um próximo (se você é mais colecionador que jogador ignore essa última linha).

Escolha um jogo para ser a atração principal da noite.  Torne a experiência da partida junto com seus amigos em algo para ser lembrado por toda a vida.

Eu nunca percoOu eu ganhoou aprendo!…
Nelson Mandela.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here