Confira a entrevista que fizemos com George Gessner, um dos alunos do curso de Pintura de Miniaturas. Descobrimos que ele ganhou de presente de natal o curso da esposa e já de cara surpreendeu a todos ao pintar todas as miniaturas do jogo Stuffed Fables.

ArtBG: Me fala o seu nome e como surgiu o interesse pelo hobby de pintura de miniaturas. 

George: Eu gosto muito de jogos de tabuleiro. Em especial, jogos com miniaturas bem esculpidas sempre me saltaram aos olhos. Como todo bom amante de miniaturas, eu sonhava em ter as minhas pintadas. Cogitei muitas vezes mandar algumas para alguém pintar, mas o orçamento sempre foi uma barreira. Aliás, vale mencionar que os preços eram justos pelo que ofereciam, mesmo assim, não cabiam no que eu poderia gastar nisso. Nunca havia sequer cogitado pintar, porque, com toda sinceridade do mundo, não achei que eu conseguiria. Nunca pintei absolutamente nada na vida, fora as aula de artes da escola a uns vinte anos atrás. Além disso, minhas mãos tremem bastante. Não conhecia absolutamente nada de tintas, pincéis ou tonalidades (para mim não existiam muito mais do que quinze cores no mundo).

ArtBG: Como você conheceu o curso de pintura da ArtBg e porque você decidiu fazer o curso?

George: Bom… então como eu dei o primeiro passo para a pintura de miniaturas? Na verdade, eu não dei. Minha esposa, vendo que eu assistia alguns tutoriais por curiosidade, me deu o curso da ArtBg de presente de Natal. Ela realmente acreditava que eu conseguiria. Com o curso pago, eu não tinha muita alternativa a não ser, pelo menos, tentar.

ArtBG: Você teve alguma dificuldade ao começar a aplicar as técnicas de pintura apresentadas no curso? 

George: Um pouco, especialmente no início. Não que as técnicas não estavam claras. Mas simplesmente pelo fato de quando transpomos a teoria para prática, muitas dúvidas surgem. Mas aos pouquinhos, vamos dando passos pequenos, mas significativos. Vale ressaltar que eu tive um bom suporte dos instrutores do curso e dos colegas de curso.

ArtBG: Vimos as suas primeiras miniaturas pintadas que você publicou no grupo e nos surpreendeu. Quando você finalizou a pintura dessas primeiras miniaturas o que você achou do resultado? Você se surpreendeu?

George: Que bom que gostaram! Sim, me surpreendeu bastante. Realmente não esperava um resultado assim. As primeiras miniaturas pintadas foram de um jogo que jogo bastante com meus filhos. Eles foram participando junto do processo, escolhendo quem seria pintado a seguir. Para eles, foi meio mágico ver seus personagens queridos ganharem vida. Para mim, ver a alegria deles trouxe ainda mais empolgação. Hoje esse jogo está finalizado. Quando jogamos ele juntos, parece que entramos juntos, dentro da história.

ArtBG: Eu às vezes quando pinto, costumo me desligar por algumas horas de tudo, e acho ótimo. Me sinto até mais relaxado depois. O que você sente quando está pintando?

George: Entrei no hobby simplesmente porque queria ter miniaturas pintadas, ou seja, entrei pelo resultado. MAS, descobri que o processo de pintar era ainda melhor do que o resultado final. Realmente, pintar tem sido uma das atividades mais terapêuticas para mim, nesses dias turbulentos que vivemos.

ArtBG: O que você tem a dizer para as pessoas que nunca pintaram antes e tem medo  de entrar no hobby? Precisa ser um artista?

George: Se eu consegui, qualquer um consegue 😉

ArtBG: Com certeza! Quer mandar alguma outra mensagem para a galera que está lendo  essa entrevista.

George: Esforço vale mais que talento natural. Se você se focar em algo, e realmente ir atrás disso com persistência e garra, você pode muito mais do que imagina.

Confira as miniaturas do jogo Stuffed Fables pintadas por George Gessner:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here